Coordenador : Paula Land Curi
Ano: 2017
Publico Alvo : Mulheres dos municípios de Niterói e Rio de Janeiro, que frequentam os dispositivos de saúde e de assistência do SUS, assim como outros órgãos de proteção à mulher em situação de violência. Mulheres que tenham sido expostas à situações diversas de violência e que podem necessitar de orientação e/ou atendimento psicoterápico. Como o projeto integra ensino, pesquisa e extensão, consideramos público-alvo, também, discentes participantes do projeto, assim como outros interessados pela temática da violência, em especial, contra a mulher.
Local de atuação: SPA
Resumo
O presente projeto extensionista objetiva desenvolver ações centradas na temática da violência, especialmente contra a mulher, a partir de um enfoque de gênero. De caráter multidisciplinar, integra consigo atividades de pesquisa e ensino, sustentando a tríade formativa, ensino, pesquisa e extensão. Aposta, prioritariamente, em duas formas de ação: ações e eventos no território e prestação de serviço à comunidade, sob a forma de atendimento psicológico. A violência se apresenta como uma pauta absolutamente relevante e atual. Está intimamente ligada às questões de gênero e de direitos individuais e coletivos, além de ser uma questão de saúde pública, tendo em vista os agravos em saúde que são dela decorrentes. As ações propostas visam criar meios de intervir nesta realidade, através de orientação/ sensibilização da população em geral, assim como assistir às mulheres que foram/são expostas às situações de violência e estão em estado de vulnerabilidade. Assim, tem uma vertente voltada para prevenção (orientação/sensibilização), uma voltada para assistência às mulheres (prestação de serviços/atendimento psicológico) e uma terceira, não menos importante, voltada a formação, ao garantir que esta temática possa ser apresentada e explorada pelos discentes, futuros profissionais.