Coordenador : Flávia Maia Silveira
Ano: 2017
Publico Alvo : O público-alvo desta ação de extensão são as pessoas internadas na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Municipal Raul Sertã, em Nova Friburgo.
Local de atuação: MGD
Resumo
Na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), as condições de higiene bucal costumam ser precárias e há uma estreita relação entre o biofilme dental e o comprometimento sistêmico do individuo, por conta dos microrganismos patogênicos presentes no mesmo. Em 48 horas de hospitalização, a composição da microbiota bucal no paciente adulto em estado crítico pode mudar para bactérias gram negativas e predominantemente organismos mais virulentos, com colonização da orofaringe, identificada como um importante fator de risco para as pneumonias bronco-aspirativas, especialmente as associadas à ventilação mecânica. Este projeto de extensão objetiva implementar ações de promoção da saúde bucal a pacientes internados na UTI de um Hospital público de Nova Friburgo-NF, como contribuição para o controle da infecção e melhora do quadro clínico do paciente. Aproximadamente 250 pacientes serão atendidos por ano. Serão realizados o acompanhamento clínico e laboratorial (bioquímico e microbiológico) a partir da execução de um plano de intervenção, que inclui o controle do biofilme dental microbiano, através de higiene bucal duas vezes ao dia todos os dias da semana. Também serão realizadas atividades de orientação e esclarecimentos aos pacientes e/ou familiares e oficinas interdisciplinares entre a equipe extensionista e a equipe de profissionais do hospital, para a discussão de casos e de conteúdo teórico e prático sobre a temática em questão. Espera-se que este projeto melhore as condições clínico-laboratoriais da saúde bucal dos pacientes participantes e contribua para a sensibilização da equipe de profissionais de saúde sobre a importância da atenção a saúde bucal dos pacientes críticos.