Coordenador : Robisom Damasceno Calado
Ano: 2017
Publico Alvo : Público-alvo para esta extensão universitária, serão os interessados das Universidade e a Sociedade. Participarão a comunidade, estudantes da UFF e de outras instituições e colaboradores de empresa interessadas no tema Lean Six Sigma e Melhorias Continua dos processos. Estima-se ter número total de 400 pessoas com potencial de interesse e participação nesta ação de extensão.
Local de atuação: RCT
Resumo
O Congresso segundo a abordagem Lean Six Sigma se baseia em um esforço de colaboração das equipes de trabalho e gestão para melhorar o desempenho através da redução sistemica de desperdícios, combinando lean manufacturing (empresa enxuta) e Six Sigma para eliminar os oito tipos de desperdícios: Transporte, estoque, Movimento, espera, super produção, processamento desnecessário e defeitos. Atualmente a cadeia brasileira de petróleo e gás natural, reduz seus investimentos e tem amargado queda na lucratividade, assim como a área de saúde passa por dificuldades econômicas, portanto o aumento da produtividade aliado a melhoria da qualidade de seus processos e serviços é uma alternativa para colaborar com o aprendizado de todos, então surge a ideia de organizar o VI Congresso Lean Six Sigma, para fomentar esta abordagem internacional que tem contribuído para a mudança cultural e obtensão de resultados das maiores e melhores empresas no mundo. este assunto esta alinhado com o projeto pedagógico do curso de engenharia de produção. Este evento que hoje assume maiores proporções, apartir de 2017, passa a ser realizado em São Paulo e Rio de Janeiro, em colaboração dos grupos de pesquisa no Diretório do CNPq, da UNICAMP (GIGS) e UFF (DGE), tendo ao longo nas suas edições anteriores mantido a sua essência de congregar a comunidade acadêmica a industrias e serviços de saúde. Ressaltamos que a origem deste movimento tem a suas raízes no Grupo de Inovação e Gestão na Saúde (GIGS), um Grupo de Pesquisa no Diretório do CNPq com o seu núcleo na Unicamp.