Coordenador : Janie Garcia da Silva
Ano: 2017
Publico Alvo : Comunidade acadêmica da UFF e externa, com variados graus de instrução, faixas etárias e classes sociais, incluindo especialmente alunos do ensino fundamental, médio e superior.
Local de atuação: LAHVI
Resumo
O crescimento acentuado da população não acompanha a preservação ambiental. A falta de conscientização dos cidadãos e o distanciamento da relação homem-natureza se tornaram grandes desafios da educação. Este projeto tem como proposta utilizar a arte como forma de sensibilizar os indivíduos sobre a crescente degradação do meio ambiente e incentivá-los a adotar atitudes que possam contribuir na mitigação desses problemas. A partir do encontro de artistas de diversos municípios, que utilizam variadas técnicas para produzir suas obras, origina-se uma exposição itinerante anual com a finalidade de representar o meio ambiente e a natureza em seus diversos ângulos e perspectivas, contribuindo para orientar e formar agentes multiplicadores. As exposições percorrerão quatro municípios do Estado do Rio de Janeiro, sendo visitadas principalmente por estudantes de escolas da rede pública e privada, que compõem parte importante do público alvo, e também por todos aqueles que se atingem por meio da divulgação feita (onde se incluem pessoas de várias faixas etárias, classes sociais e níveis de escolaridade, englobando comunidade universitária e externa). Sendo assim, propõe-se um formato de integração socioambiental onde, através da arte, diferentes atores sociais interagem para despertar, formar, difundir e levar à reflexão sobre as questões relacionadas ao meio ambiente. Com isso espera-se enriquecer e estimular uma convivência mais harmoniosa propiciando a preservação do ambiente e a melhoria da qualidade de vida.