Coordenador : Jorge Luiz Lima da Silva
Ano: 2017
Publico Alvo : Telespectadores do canal universiário de qualquer parte do Brasil via sistema próprio de divulgação universitário e TV-Web Uff. Comunidade acadêmica. O público que assistirá o programa pode ser aquele com acesso a internet, com TV a cabo; e via rede Ifes, onde há troca entre as instituições de ensino superior, desta forma, divulgando as ações da UFF em âmbito local, estadual, e nacional. Neste ano pretendemos consultar o NTI para disponibilizar via internet, sob demanda, estes programas, sendo assim, ousaria dizer âmbito mundial, pois a internet é uma teia global e de qualquer parte as pessoas poderiam assistir os conteúdos.
Local de atuação: MEP
Resumo
Programação de saúde e cidadania-denominada: Espaço Aberto Para Saúde pretende abarcar um conjunto de três programas de exibição mensal para divulgação no canal universitário, a saber: 1 Espaço aberto para saúde – debates de temas sobre saúde, ciência e cidadania com entrevistados especiais, professores da Uff, pesquisadores e bolsistas envolvidos em projetos da área de atendimento à comunidade. 2 Ciência e saúde responde: respostas as perguntas da comunidade que chegarão, através de e-mail e busca ativa na rua de temas de interesse público voltados à saúde e qualidade de vida: todos com base em ciência em pesquisas. 3 Extensão em diálogo - divulgará ações de extensão, onde a população poderá saber informações de como participar das ações de extensão na Uff. Ex: qual projeto poderá conseguir atendimento psicológico, auxílio jurídico ou odontológico... O que a extensão vem fazendo para clientela externa e interna na Uff? Flashes, fotos, entrevistas. De forma geral, este programa- que abarca três projetos- terá caráter informativo e educativo que visará levar informações sobre saúde e qualidade de vida, e das ações de extensão, pesquisa e ensino da Uff e como nossa universidade se insere na comunidade. Bem como promover o reforço de conteúdos aos estudantes de graduação na área da saúde e correlatas. Acredita-se que esse recurso que unirá a área da comunicação com os preceitos da saúde e cidadania, dessa forma, contribuindo para a divulgação de informações que possibilitam a comunidade acadêmica a refletir sobre saúde, cidadania, direitos humanos e promoção da saúde.