Coordenador : Karen de Jesus Oliveira
Ano: 2018
Publico Alvo : A proposta do presente projeto é a realização de um curso de extensão anual com o objetivo de levar aos alunos de graduação, tanto internos à UFF quanto externos, uma nova abordagem no ensino de fisiologia e farmacologia, estimulando o pensamento crítico e formação de ideias através da exposição de conteúdos teóricos e a realização de aulas práticas nos laboratórios vinculados ao Programa de Pós-graduação em Ciências Biomédicas (Fisiologia e Farmacologia). Serão disponibilizadas 40 vagas, sendo 50% para alunos externos a UFF. Caso esse percentual não seja atingido, as vagas serão redirecionadas para alunos da UFF. Além disso, serão disponibilizadas 40 vagas para alunos de pós-graduação, porém os mesmo só participarão das aulas teóricas. Estima-se que aproximadamente 100 pessoas serão influenciadas pela realização do curso, desde o corpo discente e docente do programa de pós-graduação, mas principalmente os alunos de graduação, em especial os externos à universidade, por proporcionar um contato com importantes laboratórios de pesquisa e com o ambiente da pós-graduação.
Local de atuação: MFL
Resumo
O Curso de Verão do Programa de Pós-graduação em Ciências Biomédicas (Fisiologia e Farmacologia) visa promover a divulgação ativa do conhecimento produzido nos laboratórios de pesquisa, pelos docentes e discentes do programa, através da realização de palestras expositivas e aulas práticas realizadas dentro dos laboratórios. As diferentes linhas de pesquisa dos laboratórios vinculados ao programa permitem que o curso tenha um caráter multidisciplinar, possibilitando um amplo espectro de temas para discussão e debates. Além disso, o curso tem como público-alvo alunos de graduação dos diferentes cursos da área da saúde, tanto da comunidade externa quanto os matriculados na Universidade Federal Fluminense, possibilitando a construção e desenvolvimento do conhecimento crítico-científico. Dessa forma, as principais ações e objetivos do curso proposto são: (1) Oferecer aos alunos de graduação a possibilidade de revisão de conceitos básicos em fisiologia e farmacologia, por meio de aulas expositivas e práticas; (2) Incentivar e fortalecer o contato entre os graduandos e os laboratórios, divulgando suas linhas de pesquisa atuais; (3) Complementar a formação acadêmica desses alunos; (4) Incentivar a construção do conhecimento científico e o pensamento crítico dentro do ambiente acadêmico; (5) Promover uma extensa troca de conhecimento científico entre os docentes, pós-graduandos, discentes, tanto da comunidade externa e interna; (6) Incentivar a integração entre a Universidade e a comunidade externa.