Coordenador : Lenita Barreto Lorena Claro
Ano: 2018
Publico Alvo : PÚBLICO ALVO/ano: maior que 3000 pessoas. Clientes do HUAP: pacientes, seus familiares e cuidadores - mais de 2200. Servidores do HUAP que compõe equipes dos serviços onde ocorre o trabalho de campo: 40. Profissionais de saúde de outras instituições: como alunos no Curso Cuidar de si com Arte e daqueles que integram a equipe interdisciplinar de cuidado, sob supervisão direta da médica especialista em oncologia com mestrado em Saude Coletiva (UFF) Denise Vianna, que ministra o Curso, e da coordenação desse projeto: em torno de 50. Alunos de diversos cursos da UFF e bolsistas do projeto (medicina, enfermagem, nutrição, psicologia, serviço social, cinema e audiovisual, publicidade, ciências sociais). Público diverso e externo: 800 ou mais, nos eventos, congressos e simpósios, sem contar com o público incalculável atingido pelos artigos publicados com os resultados do trabalho.
Local de atuação: MSS
Resumo
O TECI-HUAP propõe o cuidado interdisciplinar integral aos usuários do hospital, familiares, cuidadores, alunos de graduação e funcionários da UFF. Terapia Expressiva - nome que Denise Vianna, autora do programa, registrou pelo INPI - é a ferramenta terapêutica que usa materiais e técnicas expressivas. Ações assistenciais a mais de 70 pessoas por semana com Terapia Expressiva acontecem em ambulatórios e enfermaria de hemato-oncologia do HUAP em diversas ações, que tanto atendem aos pacientes como mostram aos alunos e funcionários do hospital uma nova forma de prática integrativa complementar. Atividades terapêutico-educativas para alunos de graduação e funcionários da UFF em projetos voltados para os estudantes de graduação e funcionários atendem a demanda de ações que melhorem sua qualidade de vida. A recepção de alunos da cadeira obrigatória TCS da Faculdade de medicina ou a alunos de diversas graduações da UFF no trabalho de campo de assistência aos pacientes, ou por dinâmicas voltadas aos mesmos e aos funcionários segundo solicitação de gestores de diferentes projetos, acontece de forma esporádica ou contínua (como no projeto Dar Voz da Odontologia, com atividades sequenciais de 3 horas mensais). O conhecimento produzido vem sendo veiculado por artigos em revistas científicas e pela promoção de ações de ensino e de pesquisa, edição de livro e palestras, e intercâmbio com outras instituições na capacitação e educação continuada de profissionais. O ensino do cuidado com material expressivo a equipes multiprofissionais num hospital geral, ação pioneira no HUAP, apresenta o cuidado extensivo à família, cuidadores e sociedade.