Coordenador : Grazielle Vilas Bôas Huguenin
Ano: 2018
Publico Alvo : A população atendida será a comunidade de pacientes acompanhados no Hospital Universitario Antônio Pedro, além de familiares dos pacientes atendidos e o público em geral durante as ações educativas extra-muros. Serão selecionados pacientes com HAS resistente conforme critérios da VII Diretriz Brasileira de Hipertensão. Não serão selecionados pacientes hipertensos por causas secundárias, portadores de quaisquer neoplasias malignas, pacientes em hemodiálise e/ou com Insuficiência Cardíaca com Fração de Ejeção Reduzida, visto que esse pacientes já recebem acompanhamento em outros ambulatórios.
Local de atuação: MND
Resumo
A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é um dos fatores de risco mais importantes para aterosclerose e podem causar doença isquêmica do miocárdio, como o infarto agudo do miocárdio (IAM), hipertrofia ventricular esquerda (HVE), insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral (AVC), doença vascular periférica e doença renal crônica (DRC). Estas doenças ocorrem tanto em pacientes com HAS, quanto naqueles com DM. Há vários mecanismos fisiopatológicos envolvidos, mas a disfunção endotelial, diretamente ligada à formação de placas de aterosclerose, parece ser a principal via de lesão dos órgãos-alvo. A prevalência de HAS resistente é estimada em 10 a 30% do total de hipertensos e estes pacientes estão sob maior risco de complicações. Por outro lado, a redução dos níveis pressóricos reduz a disfunção endotelial e a progressão da aterosclerose, e, por consequência, os riscos de lesão de órgão-alvo e eventos cardiovasculares. Então, o objetivo deste projeto de extensão é realizar avaliação e tratamento multidisciplinar integrados na atenção à saúde do paciente com hipertensão arterial resistente, considerando as áreas de medicina, nutrição, enfermagem e farmácia. Os atendimentos ocorrerão no ambulatório do Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP). A população atendida será a comunidade de pacientes acompanhados neste hospital. E ainda, como atividades complementares, serão realizadas ações educativas com familiares e publico em geral para prevenção da hipertensão e promoção da alimentação saudável, nutrição e saúde.