Coordenador : Hayda Josiane Alves
Ano: 2018
Publico Alvo : Adolescentes, jovens e trabalhadores de saúde, educação e assistência social.
Local de atuação: RIR
Resumo
Os adolescentes e jovens brasileiros fazem parte de um histórico bônus demográfico compondo mais de 30% da população. Desenhar política públicas voltadas para este grupo torna-se estratégico por gerar efeitos imediatos e nas geracões futuras, como também, se justifica em função das elevadas taxas de violência, doenças e mortes evitáveis de adolescentes e jovens, uma questão social emergente com importantes recortes de classe, raça e gênero. O desenvolvimento de ações e serviços que assegurem direitos deste grupo exige um esforço intersetorial para superar a fragmentação de ações programáticas isoladas, além de potencializar a participação social de adolescentes e jovens. Este programa de extensão tem por objetivo realizar um diagnóstico participativo da situação de saúde de adolescentes e jovens de Rio das Ostras e Macaé; desenvolver intervenções junto ao poder público orientadas para assegurar direitos de acesso e utilização de serviços de saúde, educação e assistência social por este segmento; e potencializar a participação de adolescentes e jovens nas políticas e práticas de saúde endereçadas ao segmento. Para tanto, serão utilizados métodos mistos: análise epidemiológica; abordagens de pesquisa-ação participativa e práticas de educação popular em saúde. As ações do programa se estruturam a partir de dois projetos: (i) Reflexões para o trabalho com adolescentes e jovens: desafios contemporâneos para a construção de respostas profissionais; (ii)(Des)embarazo: extensão popular em saúde e prevencão da gravidez na adolescência em escolas da rede pública. Trata-se de uma proposta interdisciplinar, articulada a um projeto de pesquisa deste grupo, inserido no Intermantional Collaboration For Participatory Health Research.