Coordenador : Rose Mary Costa Rosa Andrade Silva
Ano: 2018
Publico Alvo : Comunidades não pacificadas do RJ e universitários.
Local de atuação: MEM
Resumo
Trata-se de uma programa que objetiva levar às populações carentes de nosso estado a possibilidade de acesso à atividades que objetivam disponibilizar conhecimentos relativos aos aspectos da saúde do corpo, mas também aos da saúde da alma, na medida em que trabalha-se com temas que dizem respeito ao corpo e que também têm implicações filosóficas desde Platão ao considerar corpo comocárcere da alma até Merleau-Ponty ao vê-lo como primeiro dos objetos culturais. A proposta é a de reunir o grupo trabalhar disparadores trazidos pela coordenação apresentando sob a forma de proposta e articular aos conceitos filosóficos. O método utilizado será o filosófico-compreensivo, enfocando mais especialmente a humanização nas relações interpessoais através dos grandes temas filosóficos.Neste Projeto vemos a maneira específica de abordar que nos é apresentada pela filosofia, e, em que medida ela poderá nos ajudar a compreender o fenômeno da saúde/doença. Dentro do contexto existencial seria oportuna, no que concerne a esta abordagem, a pergunta: Como relacionar a filosofia com as questões em saúde? Numa segunda parte o próprio grupo traz suas demandas em termos de aprendizagem tanto acerca do corpo, como acerca da alma. Acredita-se num processo de construção coletiva de conhecimento entre pares. Após estas sessões realiza-se um lanche comunitário e o próprio grupo da comunidade tem momentos de expressão artística com danças, coreografias, recitações de poemas. Também é realizada a aferição de pressão arterial, peso, altura, IMC e orientações em saúde.