Coordenador : Fabián Rodrigo Magioli Núñez
Ano: 2018
Publico Alvo : As atividades do Sala Escura - em suas diferentes sessões (Niterói e Rio de Janeiro) são feitas para um público indiscriminado (pesquisadores, cinéfilos, estudantes e comunidade em geral), antecipadamente não quantificável com exatidão.
Local de atuação: GCV
Resumo
O Cineclube Sala Escura é um projeto de mobilização da comunidade interessada em cinema para a reflexão sobre cinematografias não hegemônicas, que tragam questões relevantes para se pensar o mundo contemporâneo. O campo particular de atuação é o cinema latino-americano, secundado por outras cinematografias igualmente expressivas. Esta sistematização sobre o pensar o cinema envolve os alunos do Curso de Cinema da UFF numa ação de engajamento junto a diferentes plateias e por outro lado provoca e estimula nesse público o desejo de conhecer outras formas de expressão artística, ausentes, em geral, de nossa indústria cultural tão dinamicamente ligada a um modelo estadunidense. Em 2015 voltamos com as sessões do Cine Arte UFF, para a comunidade local, mantendo a sessão mensal na Cinemateca do MAM, além de também propormos sessões em nossa Unidade, o Instituto de Arte e Comunicação Social (IACS). Em relação ao Cine Arte UFF, a proposta é exibir apenas filmes de egressos do Curso de Cinema da UFF. O corrente ano é o cinquentenário do do Curso e entre as comemorações do Jubileu de Ouro estão as exibições do Sala Escura. Todas as sessões serão seguidas de debates com os realizadores, egressos do Curso, com professores do Departamento de Cinema e Vídeo da UFF. Por sua vez, a Cinemateca do MAM recebeu recentemente cópias de filmes latino-americanos de distribuidoras. Nossa intenção é programá-las, o que se torna mais um diferencial e algo condizente com sessões em uma cinemateca, projeção em película.