Coordenador : Angelica Carvalho Di Maio
Ano: 2018
Publico Alvo : A atividade é voltada para Alunos e Professores do ensino médio de escolas públicas e privadas de todo o território Nacional.
Local de atuação: GAG
Resumo
A apropriação do conhecimento espacial é essencial para o exercício da cidadania. O uso do mapa pressupõe a capacidade de interpretá-lo a partir de suas características, ao mesmo tempo ele é uma representação gráfica fundamentada na linguagem visual, e esta tem a capacidade de produzir comunicação. A exigência para o entendimento de questões relativas a sociedade moderna é grande e a Cartografia responde a essa demanda, uma vez que a geoinformação proporciona ferramentas para pensar espacialmente, o que é fundamental ao exercício pleno da cidadania. É, portanto, fundamental a discussão do conhecimento geoespacial na formação da sociedade no ambiente escolar. Este ambiente é propício à discussões e inovações dos saberes e para a proposição de desafios. Este trabalho propõe uma aventura no mundo dos mapas, na história e de novas descobertas por meio de atividade lúdica. Para que o aluno seja estimulado em seus estudos e se aproprie de conhecimentos, é necessário que exista um recurso que aguce a sua curiosidade. As olimpíadas científicas estimulam o conhecimento, propondo aos participantes um desafio construtivo, funcionam como ações educativas motivacionais. A atividade proposta, em forma de jogo eletrônico, tem base na Olimpíada Brasileira de Cartografia e procura contribuir para o aprendizado da Ciência dos Mapas por meio de desafios propostos em forma de jogos de conhecimento. O jogo será desenvolvido eletronicamente e será voltado para alunos do ensino médio e proporcionará a alunos e professores atividades desafiantes.