Coordenador : Stephan Malta Oliveira
Ano: 2018
Publico Alvo : 06 adolescentes, de 11 a 18 anos, com problemas de comportamento e/ou sofrimento psíquico
Local de atuação: MMI
Resumo
O presente projeto busca articular assistência, ensino, pesquisa e extensão dentro da Universidade Federal Fluminense, segundo as diretrizes preconizadas pela Política Nacional de Extensão Universitária, aproximando a Universidade da sociedade. Ele compreende uma Oficina de Música para adolescentes com idade entre 11 e 17 anos, que apresentam problemas de comportamento, envolvendo quadros caracterizados por baixa tolerância às frustrações, alterações na regulação do humor, heteroagressividade, comportamentos desafiadores, opositivos e transgressores, automutilações, alterações da sensopercepção, dentre tantas outras formas de sofrimento psíquico. O trabalho através da Oficina de Música visa possibilitar transformações da experiência dos participantes mediante a ressignificação de suas próprias experiências de vida, além de promover a elaboração psíquica de vivências dolorosas, a autorregulação emocional e a melhoria na qualidade de vida dos mesmos. Os referenciais adotados são oriundos da musicoterapia de improvisação, das abordagens psicodinâmicas, especialmente de John Bowlby e Winnicott, além da Medicina Narrativa. Todas estas abordagens valorizam a interação entre os participantes e a co-construção de significados com relação às próprias experiências de vida, sendo culturalmente sensíveis, isto é, valorizam a dimensão sócio-cultural-histórica dos participantes, seus valores e crenças próprios do contexto sócio-cultural no qual se inserem.