Coordenador : Caroline Fernandes dos Santos Bottino
Ano: 2018
Publico Alvo : Por ser um programa de cuidado a saúde no que concerne o risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, nutrição e a educação da população, o seu público-alvo é extremamente abrangente, desde crianças e jovens, a adultos e idosos moradores do município de Nova Friburgo e municípios vizinhos. Com base em nossa experiência prévia, o maior público atendido é de adultos e idosos (Assistência à Saúde na Humanitária e na Tenda na Praça na SNCT) (OUTROS). As crianças e jovens são geralmente atendidos na Tenda na Praça (OUTROS), assim como em atividades realizadas dentro dos Colégios do Município, que em geral já conhecem o nosso programa e demandam nossas ações (INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS MUNICIPAIS). Anualmente também realizamos uma ação no SENAI na Semana Interna de Prevenção de Acidente ao Trabalho (SIPAT) (ORGANIZAÇÕES DE INICIATIVA PRIVADA) e na Igreja Batista do Bairro de Olaria em Nova Friburgo (GRUPOS COMUNITÁRIOS). Apesar do foco principal do projeto de extensão não ser a comunidade interna da UFF, em 2018 pretendemos realizar duas campanhas no Campus de Nova Friburgo para os estudantes, docentes e funcionários da Instituição. Em especial, com foco nos estudantes, visto o elevado número de estudantes de graduação que tem apresentado elevação da pressão arterial devido ao estresse e ansiedade com sua vida acadêmica e por viverem longe de sua família (PÚBLICO INTERNO DA UNIVERSIDADE/INSTITUTO).
Local de atuação: FCB
Resumo
As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) são doenças multifatoriais que se desenvolvem no decorrer da vida e são de longa duração. O Ministério da Saúde as subdivide em doenças do aparelho circulatório (p.ex., hipertensão arterial, acidente vascular encefálico, aterosclerose), câncer, doenças respiratórias crônicas e diabetes. Estima-se que as DCNT sejam responsáveis por 63% de um total de 36 milhões de mortes ocorridas mundialmente em 2008. Estas doenças compartilham entre si fatores de risco modificáveis, entre eles o tabagismo, o álcool, a inatividade física, a alimentação e a obesidade. Sabendo-se que estes fatores de risco são passíveis de prevenção, é de extrema importância a realização de ações que visem a educação da população acerca da fisiopatologia das DCNT, seus fatores de risco, assim como o desenvolvimento de estratégias de estudo e monitoramento das DCNT. Sendo assim, o presente programa tem como objetivos: 1) Fazer o acompanhamento permanente e gratuito dos fatores de risco cardiovascular de indivíduos diabéticos e hipertensos, assim como indivíduos saudáveis, da população de Nova Friburgo e municípios vizinhos; 2) promover práticas educativas em saúde e campanhas para a conscientização da população local acerca dos fatores de risco para DCNT e; 3) coletar dados acerca do perfil socioeconômico, antropométrico, comportamental e nutricional da população local, a fim de se caracterizar o risco cardiovascular desta população, assim como o papel de práticas educativas sobre esses parâmetros.