Coordenador : Viviane Aparecida Siqueira Lopes
Ano: 2019
Publico Alvo : Mulheres, usuárias de Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) do município de Campos dos Goytacazes/RJ.
Local de atuação: SSC
Resumo
Este projeto de extensão e pesquisa visa compreender os condicionantes sociais, econômicos e culturais relacionados à prevenção de câncer de colo de útero e de abortamentos inseguros, junto a mulheres em situação de pobreza, usuárias dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), a partir da realização de rodas de conversas destinadas a reflexão-esclarecimentos-debates sobre perspectivas e limites para a efetivação das referidas prevenções. O projeto inicialmente será desenvolvido em quatro CRAS da área urbana do município de Campos dos Goytacazes/RJ, previamente selecionados a partir de diálogo com a coordenação do CRAS deste município; podendo, posteriormente, ser expandido para outros quatro CRAS. As mulheres serão convidadas a participar enquanto esperam por seus atendimentos no CRAS. A participação, portanto, será espontânea, mas havendo a expectativa de que cada roda de conversa possa contar com participação de 20 mulheres. Em cada CRAS selecionado serão realizadas duas rodas de conversa em meses consecutivos, sendo oito rodas de conversas por ano, ocorrendo nos meses de abril, maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro. Os diálogos serão registrados em diário de campo, a partir do consentimento das usuárias participantes da roda de conversa ao assinarem Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Assim, estaremos realizando uma ação de extensão universitária associada a uma pesquisa, com a parceria da SMDHS.