Coordenador : Iacã Machado Macerata
Ano: 2019
Publico Alvo : Participantes na execução do projeto: estudantes do curso de psicologia (30). Estes serão beneficiados através do ensino e da supervisão da prática clínica. Participantes como publico que recebe os atendimentos: usuários em atendimento individual e em grupo no SPA/PURO (40); cidadão da região dos municípios de Macaé, Rio das Ostras e Casimiro de Abreu (80). Estes serão beneficiados através de atendimentos clínicos psicológicos em dispositivos terapêuticos individuais e em grupo.
Local de atuação: RPS
Resumo
Este projeto congrega e coordena uma série de atividades extracurriculares, já em desenvolvimento, vinculadas ao projeto de estágio curricular clínica de território, no curso de psicologia. A noção de clínica de território serve como enunciação de práticas clínicas que se fazem em diferentes espaços, além do setting tradicional, compreendendo que as questões subjetivas são imediatamente também políticas e sociais, e se dão sempre em territórios de relações situados. De modo que a produção de saúde está diretamente ligada, por exemplo, a garantia de direitos humanos e sociais. O projeto visa coordenar, supervisionar, ofertar atenção e ações de promoção de saúde a usuários e profissionais das redes de políticas públicas, movimentos sociais e comunidade em geral dos municípios abrangidos. O projeto é executado por uma equipe de discentes, supervisionados pelo docente coordenador. As ações previstas são: atendimentos individuais e em grupo; apoio institucional à serviço públicos e movimentos sociais; ações de promoção da saúde junto à comunidades; organização e promoção de eventos. Tais ações ocorrem no SPA, junto aos serviços de saúde e no espaço das comunidades. Busca-se a ampliação e o fortalecimento da rede de cuidado local, promovendo a articulação entre serviços públicos e comunidades, o fortalecimento do Sistema Único de Saúde, políticas públicas e de redes comunitárias. Proporciona ao discente uma experiência de intervenção local que se articula a temas como produção de saúde, determinação social da saúde, direitos humanos, movimentos sociais e relações entre clínica e política.