Coordenador : Ismar Araujo de Moraes
Ano: 2019
Publico Alvo : A ação tem como público alvo os profissionais e acadêmicos de Medicina, Enfermagem, Medicina Veterinária, Biomedicina, Biologia, Nutrição, Farmácia e afins. Esses atores serão conscientizados quanto a necessidade de aplicar os conceitos de biossegurança em ambientes coletivos, notadamente sobre o uso de jalecos de modo apropriado, ou seja somente nos ambientes laborais ou de ensino, além da conscientização para o descarte adequado de resíduos químicos e biológicos. Também serão incluídos os profissionais e técnicos das unidades básicas de saúde e estabelecimentos de saúde em geral.
Local de atuação: MFL
Resumo
Diante da necessidade de proteger a vida, a biossegurança vem sendo um tema frequente nos meios de comunicação, mas observa-se que muito dos conceitos e práticas estão voltadas para a proteção individual no ambiente de trabalho, negligenciando os ambientes de uso coletivo. Entende-se que os cuidados com a biossegurança devem ser estendidos para além dos ambientes laborais e neste aspecto esta ação desenvolve várias atividades com objetivo de conscientizar os profissionais da área da saúde quanto aos cuidados que devem ser observados para que seus instrumentos de proteção individual, principalmente os jalecos, para que estes não venham a se transformar em instrumentos de agressão à saúde coletiva, assim como quanto a necessidade de proteger o meio ambiente dando a destinação adequada para os resíduos químicos e biológicos que são produzidos nas unidades de ensino, pesquisa e de saúde. São oferecidas palestras e materiais educativos para os profissionais da saúde da cidade de Niterói, palestras para todos os alunos da UFF que ingressam na área da saúde, homepage atualizada com materiais educativos e oficinas para crianças de escolas públicas.