Coordenador : Flavia Medeiros Santos
Ano: 2019
Publico Alvo : Alunos de graduação e pós graduação; Mulheres em situação de cárcere; Mulheres que já foram presas; Familiares de mulheres presas; Defensores de direitos humanos.
Local de atuação: DSP
Resumo
A Agenda Feminista sobre o Desencarceramento tem como objetivo a atuação de caráter interdisciplinar a partir da realização de ações de ensino, pesquisa e extensão sobre a situação de mulheres presas provisoriamente em unidades do sistema penitenciário do Rio de Janeiro. A maior parte dessas mulheres têm menos de 29 anos e apenas o ensino fundamental como escolaridade, 68% são negras e em sua maioria são mães, sem antecedentes criminais e que, com dificuldades de acesso ao emprego formal, trabalhavam no varejo ou no transporte de drogas. Para muitas dessas mulheres, o cárcere resulta em violação de direitos e várias emoções e sentimentos, em especial, a solidão pela ausência de visitas de companheiros e familiares. Neste sentido, realizaremos pesquisa qualitativa e quantitativa, analisando processos e conduzido entrevistas para difusão de insumos que possam contribuir no debate público com análises e ações com mulheres que estão sendo privadas de liberdade. Visamos a construção de conhecimento com sujeitos que passaram pela experiência de cárcere, sobretudo mulheres que estão ou estiveram presas, seus familiares e defensores de direitos humanos. A partir de uma atuação conjunta com metodologias que prezam pela interlocução e situacionalidade dos contextos, atuamos na articulação com grupos e movimentos sociais bem como advogados e operadores de agências institucionais. A proposta visa tanto a formação técnica e cidadã de estudantes de graduação e pós graduação, quanto a geração de conhecimento desde uma perspectiva intersetorial que possa construir elementos para ações futuras em prol do desencarceramento de mulheres.