Coordenador : Helvécio Cardoso Corrêa Póvoa
Ano: 2019
Publico Alvo : AÇÃO DE EXTENSÃO . Trabalho educativo-preventivo: Pais/Responsáveis e seus respectivos filhos, profissionais da educação e da saúde da rede pública do município de Nova Friburgo que serão orientados através de Palestras/capacitação, oficinas, folhetos explicativos e cartazes sobre as formas de prevenção de infeções e intoxicações bacterianas, o tratamento adequado das mesaso, bem como a importância do acompanhamento. Serão incluídos também, os próprios alunos de graduação do ISNF- UFF/ Nova Friburgo como propulsores de informação à comunidade. AÇÃO DE ENSINO: . alunos do quarto ao décimo período de Biomedicina/ profissionais de análises clínicas. AÇÃO DE PESQUISA: . alunos do quarto ao décimo período de Biomedicina
Local de atuação: FCB
Resumo
As infecções microbianas de etiologia bacteriana, viral ou fungica podem ocasionar morbidade e mortalidade., em alguns casos, tanto no momento da infecção como do decorrer do tratamento antimicrobiano, ou até mesmo anos após. Dessa forma, esta condição pode criar sérios danos fisiológicos, psicológicos, sociais além de produzir significativos custos para a vítima da doença. Esses danos podem afetar a sua qualidade de vida bem como de seus pais e familiares. O objetivo deste Projeto é atuar junto à comunidade e profissionais de educação e de saúde fornecendo ação preventivo-educativa. Como ação preventivo-educativa, serão realizadas campanhas, palestras/capacitações e discussões com a população e profissionais de educação e saúde do município de Nova Friburgo/adjacências nas escolas sobre: conscientização sobre importância do tema, diagnóstico precoce, formas preventivas das infeções microbianas, necessidade da busca por atendimento/acompanhamento dos pacientes. Essa a ação extensionista, ainda estará associada a parte de ensino e pesquisa complementando a formação do discente com articulação com diversas áreas da saúde. Assim, com este Projeto espera-se dar instrução a respeito das doenças infecciosas em crianças, jovens, adultos, idosos e profissionais de saúde e melhorar os mecanismos de diagnóstico, prevenção e orientação ao atendimento a comunidade; e, além disso, para o aluno espera-se introduzir mudanças no processo ensino-apredizado valorizando a interdisciplinaridade, intersetorialidade e a triade ensino-pesquisa-extensão.