Coordenador : Joice Galli
Ano: 2020
Publico Alvo : Pesquisadores das Linguagens, alunos de Letras e Professores da Rede Pública Municipal e Estadual de Ensino de Niterói.
Local de atuação: GLE
Resumo
O presente projeto de extensão visa dar visibilidade aos resultados do grupo de pesquisa de francês da UFF no que tocante à representação dessa língua na formação docente. Busca igualmente trazer subsídios teórico-metodológicos aos futuros professores de francês como língua estrangeira (FLE), considerando a especificidade da língua francesa e seu diálogo com a sociedade. O aporte teórico diz respeito a estudiosos das ciências humanas e sociais, como Bourdieu (1983), além de Charaudeau (2007) e as relações estabelecidas entre práticas de letramento e currículo escolar, propostas por Street (2014) e Soares (2017). Comungamos igualmente conceitos de Letramento em LE, segundo Galli (2017b), além da interface com políticas linguísticas (CALVET, 2000) e (LAGARES, 2018) e os preceitos que regem o FOS (Français sur Objectif Spécifique), conforme Mangiante et Parpette (2004). Objetiva-se organizar eventos pela indissociabilidade do tripé acadêmico, qual seja: ensino, pesquisa e extensão através da interação dialógica com a comunidade universitária e escolar, a fim de discutir as ações do grupo de pesquisa Lenuffle (LEtramento ‘NUmérique’ da Fluminense para o FLE) junto aos estudantes de Letras desta IES, bem como à comunidade externa da região, mais particularmente no que tange às escolas públicas municipais. Para tanto, ações extensionistas como a organização de eventos, seguidas de publicação estão previstas nos dois semestres do corrente ano letivo. Trata-se de um projeto de extensão inicial que pretende desdobrar-se nos anos vindouros, já que pressupõe a criação de uma rede de pesquisadores dessa área no Brasil.