Coordenador : Ricardo Bruno da Silva Ferreira
Ano: 2020
Publico Alvo : O projeto de extensão se destina ao público universitário de uma maneira geral, particularmente, docentes, profissionais da educação e discentes de universidades públicas e privadas. Apesar de ter como público específico a comunidade acadêmica, o blog entende a função pública da Universidade em dialogar com o restante da sociedade. Neste sentido, o projeto de extensão se orienta ainda para a difusão de assuntos de natureza científica, artística e literária no âmbito da sociedade brasileira contemporânea. Não é possível dimensionar o número de pessoas que serão atingidas pelo Projeto por se tratar de atividade desenvolvida em ambiente virtual. Portanto, optou-se por colocar como público os executores da proposta (7 membros) e a estimativa (ainda que reduzida) de trinta alunos.
Local de atuação: COC
Resumo
Este projeto acadêmico consiste na elaboração de uma plataforma virtual voltada para difusão de artigos científicos, ensaios, resenhas, textos curtos, análises e reflexões de natureza política, social e filosófica a respeito de assuntos do cotidiano. A proposta se estrutura a partir da criação de um blog intitulado Diálogos do Fim do Mundo destinado a dar visibilidade à pesquisa científica no âmbito das Ciências Humanas e Sociais promovendo parcerias intelectuais entre profissionais da área de Humanidades, particularmente, da Ciência Política. O escopo teórico do projeto não se restringe ao campo da Ciência Política abrangendo a contribuição intelectual de áreas afins do conhecimento científico, como a Filosofia (Política), a Sociologia, a Antropologia, a História, o Direito, a Psicologia, entre outras. A plataforma virtual se reserva ainda a possibilidade de realizar sazonalmente entrevistas com profissionais de reconhecida importância no meio universitário. Outra ponta de atuação do blog versa sobre a análise de bens culturais imateriais de interesse artístico, como textos literários, peças teatrais e filmes. Diante das incertezas que permeiam a vida política e social na Modernidade Líquida, sobretudo, em um mundo assolado por uma pandemia com consequências imprevisíveis, a pesquisa científica se consolida pelo protagonismo positivo em uma era de desinformação oriunda da massificação das mídias sociais. Constituindo-se como um espaço de troca de experiências, de circulação e divulgação de ideias de natureza científica e filosófica, o projeto reúne pesquisadores com uma reputada formação acadêmica e profissional no campo das Humanidades.