Coordenador : Leila Weitzel Coelho da Silva
Ano: 2020
Publico Alvo : População dos municípios norte fluminense que estão em isolamento domiciliar com suspeita de estarem com covid-19 mas que ainda não foram testados
Local de atuação: RCM
Resumo
Com o avanço da COVID-19, existe uma tendência à interiorização da epidemia, que está chegando de forma acelerada aos municípios de menor porte do país. Alguns municípios do Rio de Janeiro têm adotado como critério diagnóstico para confirmação dos casos a realização de testes diagnósticos com resultado positivo e também por vínculo epidemiológico. Assim, para acompanhar a história clínica dos pacientes suspeitos de terem contraído a COVID-19, mas não necessariamente testados e, que se encontram em isolamento domiciliar surge a necessidade de um sistema de Tele-monitoramento. Para tanto, além do desenvolvimento de um protocolo operacional da ação, também se faz necessário o desenvolvimento de uma ferramenta computacional para apoiar as ações de cuidado e vigilância em saúde de uma central de Tele-monitoramento de casos suspeitos ou confirmados de COVID e que estejam em isolamento domiciliar.