Coordenador : Simone Saldanha Ignacio de Oliveira
Ano: 2020
Publico Alvo : População em geral e Comunidade acadêmica
Local de atuação: MOT
Resumo
1.1- Efeitos segundo a literatura causados na área de DTM e Dor Orofacial e Bruxismo: Dor, dor orofacial, dores neuropáticas, disfonia comportamental, limitações, ansiedade, depressão, hábitos orais comportamentais, alterações posturais, distúrbios do sono, apneia, sedentarismo, travamento mandibular aberto e fechado, barulhos articulares, incoordenação no complexo côndilo-disco, desordens degenerativas, mialgias, artralgias, limitação de abertura bucal, assimetrias, zumbido, sintomas otologicos , contrações musculares repetitivas, fadiga, rigidez muscular, desgaste dentário, odontalgias, fraturas dentárias, refluxo esofágico, estresse, bruxismo de vigília, bruxismo do sono, cefaleias, medo, fobias, transtornos obsessivo-compulsivo, auto medicação, obesidade, pensamentos negativos, alterações no comportamento biopsicossocial e somatização. Ter um olhar positivo também em relação em que as mudanças podem proporcionar na melhoria da qualidade de vida, por meio de medidas de controle da condição patológica e também no quanto o pensamento positivo e afetividade podem melhorar a somatização. Usar as Terapias Complementares com evidências como a meditação (atenção plena), música, espiritualidade(fé), exercícios de respiração alimentação (consumo de alimentos anti-inflamatórios), melhorar a qualidade de sono, conscientização dos danos de hábitos orais comportamentais, recomendações para os efeitos adversos da automedicação, exercícios de alongamentos e relaxamento simples e curtos ( 6 vezes em 6 tempos), termo terapia, terapia cognitiva comportamental (uso de aplicativos e conscientização, as associações das comorbidades em relação aos efeitos de forma secundária), acho que aqui cabe as informações sobre as imagens diagnósticas que podemos indicar caso se inicie um sinal e sintoma indicativo de DTM articular e inflamatória.