Coordenador : Glayci Kelli Reis da Silva Xavier
Ano: 2020
Publico Alvo : Alunos de Graduação e Pós-Graduação em Letras e áreas afins, da UFF e de outras instituições, pesquisadores da área, professores da educação básica e do nível superior. O alcance, por se tratar de site, é incalculável. Nosso curso de extensão na modalidade remota teve quase 400 inscritos.
Local de atuação: GLC
Resumo
O presente projeto de extensão baseia-se na criação de um site intitulado Semiolinguística UFF, que pretende ser um canal de divulgação da Teoria Semiolinguística do Discurso e dos trabalhos desenvolvidos pelas professoras pesquisadoras no âmbito da Universidade Federal Fluminense. Conforme explicam Feres e Monnerat (2017, p. 8), na UFF, desde 2000, ainda no antigo Programa de Pós-Graduação em Letras, a presença das questões teóricas da Análise Semiolinguística do Discurso já se fazia sentir não só nas orientações de mestrado e doutorado e no oferecimento de cursos sobre a teoria, como também na produção científica dos professores do grupo. Em 2010, com o desmembramento do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFF (criado em 1970) e a criação dos Programas de Pós-Graduação em Estudos da Literatura e em Estudos da Linguagem, os professores ligados à teoria passaram a atuar na nova linha 2 de pesquisa do Programa de Estudos da Linguagem, então intitulada Teorias do texto, do discurso e da interação, a qual abriga uma disciplina específica sobre a Teoria Semiolinguística, criada e organizada pela professora Rosane Monnerat. Nosso núcleo está crescendo cada vez mais, e a produtividade de nossas pesquisas pode ser atestada, sobretudo, pelas orientações de mestrado, de doutorado e de pós-doutorado. Vale destacar que muitos de nossos ex-orientandos são hoje professores de universidades federais (alguns, da própria UFF) e de escolas públicas – inclusive federais. O Projeto conta com seis professoras doutoras do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas (GLC).