Coordenador : Paula Cristiane Strina Juliasz
Ano: 2020
Publico Alvo : Estudantes dos cursos de Geografia do Instituto de Educação de Angra dos Reis da Universidade Federal Fluminense (IEAR UFF) e pedagogo da rede municipal de ensino de Angra dos Reis (RJ).
Local de atuação: DGP
Resumo
Este projeto de extensão tem como objetivo geral elaborar materiais de divulgação científica acerca das leituras geográficas frente à realidade com base na alfabetização científica, atendendo principalmente professores, de modo que possam usar em seus ambientes educativos. Analisaremos a concepção dos estudantes de licenciatura e professores de Geografia em relação a ciência geográfica e sua capacidade explicativa da realidade e realizaremos atividades de (re)textualização de textos acadêmicos na formação do professor, por meio de um curso de extensão. Este projeto tem dois eixos principais: formação de professores e divulgação científicas. Espera-se analisar ações de (re)textualização na formação de professores e apontar caminhos para a enculturação científica frente às aulas de Geografia, de modo que o raciocínio geográfico seja mobilizado. Compreender uma Geografia feita e realizada de forma próxima a sociedade é antes saber que seu desenvolvimento envolve uma prática social e espacial, pois a Geografia contribui para a leitura do território e das disputas globais, à medida que pode sistematizar a leitura do mundo na compreensão da formação espacial e seus processos de produção. Espera-se produzir materiais de divulgação científica por meio da (re)textualização científica e tradução didática, de modo a promover a circulação de conhecimento por meio da página Leituras Geográficas na rede social Instagram, valorizando o desenvolvimento da ciência geográfica na análise da realidade. Este projeto justifica-se pois ao lado de estudos científicos e da sua valorização na sociedade acompanhamos também a existência do negacionismo das explicações dadas pela ciência e a ilusão de uma sociedade da informação.