Coordenador : Domingos Barros Nobre
Ano: 2020
Publico Alvo : Professores Indígenas do Colégio Indígena Estadual Guarani Karai Renda, Escola Municipal Indígena Guarani Para Poti Hhe’ Ë Já e Escola Municipal São Bento da Lagoa, do estado do Rio de Janeiro, situadas nos municípios de Angra dos Reis, Paraty e Maricá.
Local de atuação: DED
Resumo
O Curso de Extensão: Formação Contínua de Professores Guarani Mbya do Fundametal I visa subsidiar pedagogicamente os professores indígenas das escolas indígenas do Rio de Janeiro, cujos objetivos são: 1) Capacitar professores indígenas Guarani Mbya do Rio de Janeiro para atuarem no primeiro segmento da Educação Escolar Indígena, numa perspectiva curricular Diferenciada, Intercultural e Bilingue; 2) Realizar Oficinas Pedagógicas com os Professores Guarani; 3) Organizar as ações formativas na modalidade: Curso de Extensão, promovido pelo IEAR/UFF, cadastrado na Pro-Reitoria de Extensão (PROEX), com certificado. O curso se realizará através de encontros semanais, de forma remota, com atividades assíncronas e síncronas, correspondentes aos três eixos das oficinas pedagógicas: alfabetização bilíngue Guarani Mbya, planejamento de aulas e de projetos pedagógicos e produção de material didático específico na Língua Guarani Mbya, a ser utilizado pelos professores durante as aulas nas escolas indígenas. A metodologia utilizada se baseia na Metodologia de Construção Curricular, desenvolvida por Nobre (2019), no âmbito do Programa Escolas do Território, que vem se desenvolvendo com uma consistente base conceitual e metodológica para a reorientação curricular, buscando a articulação entre currículo, saberes e território e uma abordagem inovadora de mediação entre conceitos integradores e conteúdos programáticos no Ensino Fundamental.