Coordenador : Emeli Moura de Araújo
Ano: 2020
Publico Alvo : O objetivo do projeto é garantir a qualidade das formulações de medicamentos na forma de cápsulas produzidos na FAU e disponibilizar material informativo, portanto o público alvo é a população oriunda de Niterói e também de outras cidades como São Gonçalo, Rio de Janeiro e Maricá que procura a FAU para encomendar seus medicamentos, sendo grande parte do receituário médico de procedência da rede pública. O presente projeto também auxiliará na formação dos discentes do curso de Farmácia e a comunidade acadêmica por meio da divulgação dos resultados, além da melhoria que trará à própria FAU: comprovação da qualidade dos medicamentos desenvolvidos ou testados no presente projeto e validação de processos produtivos relacionados para que os funcionários do setor de manipulação possam ser treinados.
Local de atuação: MTC
Resumo
Existe uma demanda muito grande de medicamentos na forma de cápsulas em Farmácias com Manipulação, no entanto não existe bula para tais medicamentos e a Resolução da ANVISA que preconiza as Boas Práticas de Manipulação não exige ensaios de controle de qualidade para avaliar a dosagem em cada cápsula e a dissolução das mesmas, resultados que se fora dos padrões vão influenciar na segurança e eficácia do medicamento. Os excipientes presentes na formulação podem alterar a dissolução dos fármacos e consequentemente a biodisponibilidade, portanto estudos de pré-formulação são importantes, no entanto não é uma prática rotineira em Farmácia Magistral. No projeto realizado em 2019 foi possível reduzir o custo e melhorar a qualidade de cápsulas de Aciclovir 200 mg produzidas na Farmácia Universitária da UFF (FAU) que atende clientes oriundos de Niterói, Rio de Janeiro, São Gonçalo e Maricá. O objetivo deste trabalho é garantir a qualidade de outros medicamentos produzidos na FAU na forma de cápsulas. Para isso será elaborada uma bula simplificada dos medicamentos a ser disponibilizada junto com o medicamento, estudo pré-formulação em medicamentos que estejam apresentando problemas na produção e posteriormente avaliação da qualidade dos medicamentos produzidos e se necessário estudo para melhoria das formulações. O ganho social vislumbrado é a garantia de dispensação para a população de medicamentos com eficácia e segurança comprovadas e material informativo sobre os mesmos a fim de que o paciente tenha acesso a informações importantes sobre a medicamento, auxiliando assim no esclarecimento da população e reduzindo riscos durante o tratamento.